Memoria em que se pretende mostrar, que a lingua portugueza não he filha da latina, nem esta foi em tempo algum a lingua vulgar dos lusitanos

R$25,00

Organização:
Adílio Junior de Souza
Editora:
Letraria
Ano:
2021
Páginas:
72

Peso 240 g
Dimensões 21 × 14 × 1 cm

Em estoque

SKU: 978-65-86562-85-9 Categorias: ,

É notório que o trabalho filológico traz em si a imagem de erudição. Mas, além disso, carrega o peso semântico de ser aquele que se dedica ao texto para compreender os diferentes sentidos a ele atribuídos. Tendo em vista esse espírito investigativo, empreendi a tarefa de trazer a lume duas obras do início do século XIX, que abordam uma problemática longe de solução: a origem da língua portuguesa e sua relação com o latim.
Neste primeiro volume, realizei a transcrição integral da Memoria em que se pretende mostrar, que a Lingua Portugueza não he filha da Latina, nem esta foi em tempo algum a lingua vulgar dos Lusitanos, de Francisco de São Luiz Saraiva, de 1837. O Cardeal Saraiva (1766-1845) foi um dos mais renomados estudiosos da língua portuguesa de seu tempo. Autor de vasta obra, possuía o título de Patriarca de Lisboa pela Igreja Católica, foi também filólogo, crítico e historiador.
Adílio Junior de Souza

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Memoria em que se pretende mostrar, que a lingua portugueza não he filha da latina, nem esta foi em tempo algum a lingua vulgar dos lusitanos”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar...