A lingua portugueza é filha da latina, ou refutação da memoria em que o senhor patriarcha eleito D. Francisco de S. Luiz nega esta filiação

R$25,00

Organização:
Adílio Junior de Souza
Editora:
Letraria
Ano:
2021
Páginas:
106

Peso 240 g
Dimensões 21 × 14 × 1 cm

Em estoque

Para a confecção deste volume, realizei a transcrição integral de A lingua portugueza é filha da latina, ou refutação da memoria em que o senhor patriarcha eleito D. Francisco de S. Luiz nega esta filiação, escrita por Francisco António de Campos (1843). Com o nome popular de Barão de Vila Nova de Foz Coa, Francisco foi um estudioso da língua e literatura latina, bem como da língua portuguesa. Dada a escassez das fontes sobre sua biografia, sabe-se que Campos exerceu, entre outros cargos, a carreira de político, escritor, tradutor, jornalista e juiz.
Para a transcrição da obra do autor, a fonte que serviu de consulta foi uma versão fac-símile que está disponível na Biblioteca Nacional Digital de Portugal, com acesso livre, pois há mais de 70 anos desde o falecimento do autor. Nesse sentido, não há mais direito autoral ou patrimonial sobre a obra do autor, uma vez que se trata de domínio público. Todavia, os direitos morais serão mantidos, pois não se tem a pretensão de se apropriar indevidamente dos direitos próprios de obras antigas.
Adílio Junior de Souza

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A lingua portugueza é filha da latina, ou refutação da memoria em que o senhor patriarcha eleito D. Francisco de S. Luiz nega esta filiação”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar...